Skip to content

Devocional: “Vale Tudo?”

jun 21 2012

Texto de  Paulo Roberto Barbosa.

“… se alguém for temente a Deus, e fizer a sua vontade, a esse ele ouve” (João 9:31).

Em um esforço aparente para promover a expansão da mensagem do Evangelho, alguém em uma cidade importante decidiu usar um spray de pintura para pintar a mensagem “Creia em Jesus” nas calçadas, viadutos e até nas caixas postais na área do centro da cidade. Isto não era “evangelismo” mas, “vandalismo”. A mensagem correta não justifica o uso de meios errados.

Como estamos trabalhando para o nosso Deus. O Senhor nos mandou pregar a Sua Palavra em toda parte , até nos lugares mais remotos do mundo, e, assim como seguimos aos Seus mandamentos, devemos também seguir os Seus ensinos quando à forma de nos comportar diante da sociedade em que vivemos. 

Podemos dizer que “vale tudo” quando o objetivo é falar de Jesus? Temos o direito de agir de forma contrária a ensinada pelo próprio Cristo? Afinal, se somos “luz do mundo” e o nosso brilho precisa ser notado por todos, como praticar atitudes que envergonham e entristecem ao Senhor dos senhores?

Hoje, nas emissoras de televisão e rádio, vemos e ouvimos de tudo a respeito de Jesus, menos que Ele é o Senhor e Salvador e que aqueles que o seguem devem viver em Espírito e em verdade. O “vale tudo”está escancarado! O objetivo principal não é “quem crer será salvo” mas, quem crer ficará rico, terá fazendas, carros importados, fortunas acumuladas nos bancos, holofotes colocados em seus rostos como “homens e mulheres de sucesso”. Aqui na cidade onde moro, as reuniões são muito parecidas — canetas de ouro, chaves de ouro, chuva de ouro em pó… menos Jesus! Na semana passada, recebi em minha caixa de correio um folheto convidando para uma semana de bênçãos em uma determinada igreja. Eles diziam: “na segunda — Como ficar rico em poucos meses. Na terça — Como pagar todas as suas dívidas rapidamente. Na quarta — Como comprar seu carro novo e sua casa de praia. Na quinta…” e assim por diante! Não havia um dia sequer em que a bênção era receber Jesus no coração, ter paz e vida abundante, ser feliz para sempre.

Assim como sujar uma cidade com mensagens bíblicas não faz parte do ensino bíblico para o filho de Deus, também não faz parte o desvio da mensagem contida nas Sagradas Escrituras. No caso anterior, a mensagem era correta e a forma não. Nos exemplos atuais, tudo está errado. 

Na vida cristã, não podemos pensar que “vale tudo”. O que vale é obedecer ao Senhor e produzir frutos que glorifiquem ao Seu nome.

Paulo Roberto Barbosa

Por Paulo Roberto Barbosa

Com um ministério motivacional e de aconselhamento, o pastor deficiente visual Paulo Roberto Barbosa escreve textos que nos ensinam a refletir sobre a vida e o caminhar com Cristo. As postagens acima estão disponíveis no site do pastor.

Leia também as postagens abaixo!