Skip to content

“O Maior Sinal de todos” – Pastor Marcos Lino

nov 10 2019

prmarcos_10nov19

Culto ministrado pelo pastor Marcos Lino, em 10 de novembro de 2019.

O Maior Sinal de todos

Texto Base: Mateus 12:38-42

38 Então, alguns escribas e fariseus disseram: Mestre, queremos ver algum milagre feito por ti. 39 Ele, porém, replicou: Uma geração má e adúltera pede um sinal; e nenhum sinal se lhe dará, senão o do profeta Jonas. 40 Pois assim como Jonas esteve três dias e três noites no ventre do grande peixe, assim o Filho do Homem estará três dias e três noites no coração da terra. 41 Os ninivitas se levantarão no juízo juntamente com esta geração e a condenarão, porque se arrependeram com a pregação de Jonas; e aqui está quem é maior do que Jonas. 42 A rainha do Sul se levantará no juízo juntamente com esta geração e a condenará, porque veio dos confins da terra para ouvir a sabedoria de Salomão; e aqui está quem é maior do que Salomão.

Introdução:

Nos evangelhos estão descritos 35 milagres que foram realizados por Jesus. Sabemos que Jesus realizou muito mais milagres.
Por isto João escreveu: (Jo 21.25) “25 Muitas outras coisas hão que fez Jesus; se elas fossem escritas uma por uma, suponho que nem no mundo inteiro caberiam os livros que se escrevessem.”

Porém os milagres escritos e relatados tinham um objetivo, segundo João: (Jo 20.30-31). “30 Jesus fez na presença dos discípulos muitos outros sinais, que não estão escritos neste livro; 31 estes, porém, estão escritos para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome.”

Mas qual foi o maior sinal? O maior sinal pra mim foi a ressurreição de Cristo. Quando Ele morreu todos aqueles que o seguiam falaram está acabado! Aquele que era bom e fazia tanto bem aos não favorecidos, foi morto por pessoas incrédulas, segas de orgulhos, cheias de vaidades que não foram capazes de entender e ver que diante deles estava o Salvador. Mas a morte não pode deter o meu Salvador. Eles pedia um sinal sendo que diante deles estava o maior sinal que eles poderiam ter. Hoje as igrejas estão cheias de pessoas pedindo um sinal, de que Deus os ouve ou que os ama.

I – Alguns religiosos pedem um sinal a Cristo
Jesus fala do sinal de Jonas em resposta ao pedido dos escribas e fariseus por um sinal. Eles fecharam os olhos para inúmeros milagres que Jesus já havia realizado. Não era suficiente para eles que Jesus tivesse curado os enfermos, purificado os leprosos, ressuscitado mortos e expulsado demônios. Eles ainda não criam e nem tinham, na verdade, o desejo de crer, mas desejavam “provar” a Cristo.

Creio que os maiores incrédulos vivem num ambiente religioso. Cercados por ritos, normas, porém sem vida com Deus. Eles erravam, apesar de serem mestres da lei; mas, na verdade, não conheciam as escrituras, como deveriam, muito menos, o poder de Deus (Mateus 22.29).

Esses religiosos queriam um sinal sem crer; só pela vista. Jesus disse, em certa ocasião: (Jo 20.29).  “29 Disse-lhe Jesus: Creste, porque me viste?”
Bem-aventurados os que não viram e creram, os religiosos agiram com incredulidade, em oposição à fé que está escrita em (Hebreus 11.1). “1 Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não veem.”

Jesus não respondeu como o esperado a esses homens, porque não queria provar a sua divindade através de “testes humanos” e nem ser conhecido como um milagreiro ou curandeiro. Em muitas ocasiões, Jesus pedia àqueles que eram curados por ele para que não divulgassem suas curas (Marcos 7:36; Mateus 8:4; Mateus 9:30; Marcos 5:43 e Lucas 5:14).

Jesus sabia que o povo tinha tendência de distorcer o caráter de sua missão aqui na terra. Jesus veio implantar o reino de Deus, espiritualmente falando, (Mateus 6:10; Mateus 6:33; Mateus 13:11; Mateus 13:45 e Mateus 18:3); porém as multidões esperavam um rei, no sentindo político e terreno, o qual os libertasse do jugo romano (Jo 6:15). “15 Jesus ficou sabendo que queriam levá-lo à força para o fazerem rei; então voltou sozinho para o monte. ” (Lucas 19.10). Jesus veio salvar e buscar o que se havia perdido.

Como a geração daqueles fariseus e escribas, vivemos numa geração má e adúltera sedenta por sinais, sem desejar o novo nascimento, a regeneração, a mudança de vida e sem uma fé legítima (Atos 8.9-25).

II – O maior de todos os sinais
Para confirmar a obra de Jesus, haveria o maior sinal de todos: Deus ressuscitaria seu Filho da sepultura. Maior sinal do que aquele que serviu para a conversão de toda a Nínive. Vários obstáculos foram vencidos para que a ressurreição de Cristo ocorresse. Vejamos alguns deles: A) A pedra enorme. A pedra pesava cerca de uma tonelada e meia e foi revolvida por um terremoto de origem divina (Mateus 28:2).

B) A guarda romana. Uma escolta de soldados romanos guardava o túmulo (Mateus 28:62 -66), mas foi vencida.

C) O selo romano. Foi colocado sobre a pedra um selo romano para que ninguém violasse (Mateus 27:66). Quem violasse o selo romano era passível de morte.

D) A morte. A morte em si era o maior obstáculo para a ressurreição de Cristo, mas Jesus venceu a morte (Mateus 28: 5-6).

Na ressurreição de Cristo o poder político e terreno do Império Romano foi vencido, foi vencido também o poder de Satanás e o poder da morte (1 Coríntios 15:54-57). 54 Assim, quando este corpo mortal se vestir com o que é imortal, quando este corpo que morre se vestir com o que não pode morrer, então acontecerá o que as Escrituras Sagradas
dizem:
“A morte está destruída!
A vitória é completa!”
55 “Onde está, ó morte, a sua vitória?
Onde está, ó morte,
o seu poder de ferir?”
56 O que dá à morte o poder de ferir é o pecado, e o que dá ao pecado o poder de ferir é a lei. 57 Mas agradeçamos a Deus, que nos dá a vitória por meio do nosso Senhor Jesus Cristo!

III – Jesus maior do que Jonas
O fato de Jonas ter sido lançado no mar e engolido por um grande peixe impactou os ninivitas, juntamente com a pregação dele, a tal ponto de todos se converterem, proclamarem um jejum onde até os animais jejuaram, e vestiram-se de pano de saco, desde o maior até o menor (Jonas 3:5-10). “A população total de Nínive deveria ser,
aproximadamente seiscentos mil habitantes, uma vez que havia 120 mil crianças e também muitos animais” (Jonas 4:11) (Bíblia Anotada Expandida). Maior impacto deve causar a ressurreição de Cristo, porque ele é maior do que Jonas. Que tipo de impacto a ressurreição de Cristo deve nos causar?

Ele está aqui, Aquele que é maior que Jonas, está aqui nos dando Poder para se viver uma vida nova
Quando manifestamos a nossa fé em Jesus, identificamo-nos com sua morte e ressurreição. Morremos para o domínio do pecado e de Satanás, e recebemos o poder da ressurreição para viver uma vida nova

(Efésios 2:4-8) “Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou. Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos). E nos ressuscitou juntamente com ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus. Para mostrar nos séculos vindouros as abundantes riquezas da sua graça pela sua benignidade para conosco em Cristo Jesus. Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.”
(Gálatas 2:20) “Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim.”

Ele está aqui, Aquele que é maior que Jonas, está nos dando Poder para enfrentar as lutas
Temos o poder da ressurreição de Cristo em nossas vidas que nos ajuda a enfrentar os percalços da vida.

(Deuteronômio 3-22) “Não tenham medo deles. O Senhor, o seu Deus, é quem lutará por vocês.”
(Deuteronômio 20:4) “pois o Senhor, o seu Deus, os acompanhará e lutará por vocês contra os seus inimigos, para dar a vitória a vocês.”
(2 Coríntios 10:3-4) “Pois, embora vivamos como homens, não lutamos segundo os padrões humanos. As armas com as quais lutamos não são humanas; ao contrário, são poderosas em Deus para destruir fortalezas.”

Ele está aqui, Aquele que é maior que Jonas, está aqui nos dando poder para pregação do evangelho que traz vida
Jesus está vivo e nos outorga poder para ser suas testemunhas

(Mateus 28:19-20) “19 Portanto, vão a todos os povos do mundo e façam com que sejam meus seguidores, batizando esses seguidores em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo 20 e ensinando-os a obedecer a tudo o que tenho ordenado a vocês. E lembrem disto: eu estou com vocês todos os dias, até o fim dos tempos.”
(Marcos 16:14-19) “14 Por último Jesus apareceu aos onze discípulos enquanto eles estavam à mesa, comendo. Ele os repreendeu por não terem fé e por teimarem em não acreditar no que haviam contado os que o tinham visto ressuscitado. 15 Então ele disse: — Vão pelo mundo inteiro e anunciem o evangelho a todas as pessoas.  16 Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado. 17 Aos que crerem será dado o poder de fazer estes milagres: expulsar demônios pelo poder do meu nome e falar novas línguas; 18 se pegarem em cobras ou beberem algum veneno, não sofrerão nenhum mal; e, quando puserem as mãos sobre os doentes, estes ficarão curados.”

Ele está aqui, Aquele que é maior que Jonas, está aqui nos dando uma esperança viva
Porque Ele está vivo (Atos 2:22-39).

Conclusão

Jesus deixou para aquela e para esta geração má e adúltera o maior se todos os sinais: a sua ressurreição. Venceu, com isto, o Império Romano, Satanás e a morte. Ninguém pode resisti-lo. Jesus chamou tal milagre de sinal de Jonas. Jonas sobreviveu dentro do ventre de um grande peixe e pregou a palavra de Deus, levando toda a Nínive ao arrependimento. Se Jonas, que é inferior a Cristo, impactou de tal forma, quanto mais a ressurreição de Cristo. Sejamos divulgadores e proclamadores da ressurreição de Cristo que continua a impactar todas as gerações. Sirvamos ao Senhor que está vivo e que nos prometeu buscar para estarmos com ele (Jo 14.1-3).

Para ouvir a gravação do culto, clique em play, no player abaixo!

Pr. Marcos Lino

Por Pr. Marcos Lino

Pastor responsável pela ministração do Louvor e integrante da liderança do ministério de Louvor e Adoração.