Skip to content

“Sou ungido e tenho o Espírito Santo” – Pastor Marcos Lino

jun 09 2019

pr-marcos-090619

Culto ministrado pelo pastor Marcos Lino, em 09 de junho de 2019.

Sou ungido e tenho o Espírito Santo

Texto Base: Efésios 4:1-32

Tenho certeza que muitos cristãos comuns como nós, passaram, passam e passarão situações como o texto de Daniel. Pessoas que são feitas a imagem e semelhança de Deus e que por isso se tornam um alvo de Satanás, são lançadas na cova, nos vales, nos perigos e desafetos da sociedade. Essas são eu e você, sim nós mesmos, pessoas tão comuns que muitas vezes achamos que somos tão diferentes dos grandes heróis da bíblia, mas como filhos de Deus seremos tão perseguidos e afligidos como eles e assim mesmo ensinou o mestre Jesus.

(João 16:33) “Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo”.

O poder de Deus não tem comparação: ele muda em um momento aquilo que eu e você não podemos mudar a vida inteira.

(Efésios 3:20) “Ora, aquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós.”

(1 João 5:4) “Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé.”

Onde opera o poder de Deus?

“Em nós”. Diga para você mesmo: “O poder de Deus opera em mim”. Ele, o Pai, colocou em mim e em você o Espírito Santo, que é o selo, que o identifica como filho de Deus. Esse selo, o Espírito Santo, é o potencial mais que suficiente para todas as suas necessidades. Você é capaz! Deus assim o fez.

Precisamos confiar plenamente no poder da Palavra de Deus, no poder da verdade.

Jesus disse: “As palavras que eu vos tenho dito são espírito e são vida”. (João 6:63)

Sem a Unção do Espírito Santo, nada poderá qualificar o pregador. Ele necessita de poder, poder para trazer à vida aos que estão mortos, poder para libertar da escravidão de Satanás, poder para trazer o brilho do meio-dia às trevas profundas do pecado e do inferno.

(Salmo 92:10) “Porém tu exaltarás o meu poder, como o do boi selvagem. Serei ungido com óleo fresco.”

Ainda que sejamos herdeiros das promessas do calvário, e a cura e a libertação estão incluídas nelas, não poderemos nos apossar delas sendo meninos.

(Gálatas 4:1-7) “1-Digo mais isto: enquanto é menor de idade, o filho que vai herdar a propriedade do pai é tratado como escravo, mesmo sendo, de fato, o dono de tudo. 2-Enquanto é menor, há pessoas que tomam conta dele e cuidam dos seus negócios até o tempo marcado pelo pai. 3-Assim também nós, antes de ficarmos adultos espiritualmente, fomos escravos dos poderes espirituais que dominam o mundo. 4-Mas, quando chegou o tempo certo, Deus enviou o seu próprio Filho, que veio como filho de mãe humana e viveu debaixo da lei 5-para libertar os que estavam debaixo da lei, a fim de que nós pudéssemos nos tornar filhos de Deus. 6-E, para mostrar que vocês são seus filhos, Deus enviou o Espírito do seu Filho ao nosso coração, o Espírito que exclama: “Pai, meu Pai.” 7-Assim vocês não são mais escravos; vocês são filhos. E, já que são filhos, Deus lhes dará tudo o que ele tem para dar aos seus filhos.”

Precisamos ter vida de oração, passar tempo com a palavra de Deus para amadurecermos. O Espírito Santo aliado a Palavra de Deus nos faz crescer em todo entendimento que precisamos para termos comunhão com Deus e ser cheios do Espírito Santo.

Existe uma luta interior na vida do cristão entre a carne e o espírito. A carne deseja coisas temporais e humanas muitas vezes destrutíveis. O espírito almeja o que é invisível e espiritual. Ter consciência desta luta interior é imprescindível para quem deseja servir a Deus. Se vivermos no espírito temos vida e paz, mas se vivermos na carne, a consequência é a morte (Romanos 8:5-17).

Por que essa luta parece maior na vida de um cristão? Por que a pessoa do mundo se conforma em satisfazer os desejos da carne e o crente não aceita isso e começa uma batalha.

Para vencer esta batalha, precisamos saber com clareza o que é obra da carne e o que é fruto do Espírito (Gálatas 5:19-23) e alimentar o nosso espírito para que seja fortalecido e vença as paixões da carne. Jesus disse que “é fraca”

(Mateus 26:41) “41-Vigiem e orem para que não cedam à tentação, pois o espírito está disposto, mas a carne é fraca.”

AS PESSOAS ESTÃO NA IGREJA SEM LIBERTAÇÃO.

Muitas pessoas estão presas, enclausuradas em prisões, como: prisões de casamentos fracassados, prisões de dívidas impagáveis, prisões de enfermidades de causa desconhecida, prisões de angústias e depressões profundas; muitas pessoas estão presas numa cadeia de medo, numa prisão de raiva, presas em amargura, presas em decepções…

A IGREJA, SEM A UNÇÃO E O PODER DO ESPÍRITO SANTO, NÃO PODE LIBERTAR AS VIDAS SÓ COM PALAVRAS HUMANAS.

AS PESSOAS PASSAM DÉCADAS NAS IGREJAS, MAS SUAS VIDAS NÃO MUDAM.

E ACABAM SE ACOSTUMANDO AO RITUAL RELIGIOSO…

Moisés estava convencido de que sem a presença de Deus em sua vida, lhe seria inútil se empenhar por qualquer coisa. Ao falar face a face com o Senhor, disse:

(Êxodo 33:15) “Se a tua presença não vai comigo, não nos faça subir deste lugar. Ele estava dizendo: Senhor, sem a tua presença não irei a lugar algum. Não darei nem um passo a menos que tenha certeza de que estás comigo!”

Quantas pessoas no mundo hoje estão em cativeiro?

NO TEMPO DE JESUS, EM SEU MINISTÉRIO TERRESTRE, OS RELIGIOSOS, SACERDOTES, FARISEUS E SADUCEUS ESTAVAM TAMBÉM NOS TEMPLOS, MAS NÃO PODIAM LIBERTAR AS VIDAS.

PORQUE ESTAVAM PRESOS AO SISTEMA RELIGIOSO.

AQUELES QUE NÃO ESTAVAM PRESOS À RELIGIÃO, MAS BUSCAVAM EM JESUS, PELA FÉ ERAM LIBERTOS E CURADOS.

AONDE JESUS ESTÁ, TEM LIBERTAÇÃO, TEM CURA, E OS MILAGRES ACONTECEM.

É O CASO DA MULHER CANANÉIA.

(Mateus 15:21-28) “E eis que uma mulher Cananéia, que saíra daquelas cercanias, clamou, dizendo: Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de mim, que minha filha está miseravelmente endemoninhada.” Ela rogava-lhe que expelisse de sua filha o demônio. De tanto ele insistir Jesus libertou a sua filha.

(Mt 8:2-3) “E descendo ele do monte, seguiu-o uma grande multidão. E eis que veio um leproso, e o adorou, dizendo: Senhor, se queres, podes tornar-me limpo. E Jesus, estendendo a mão, tocou-o dizendo: Quero; sê limpo. E logo ficou purificado da lepra.”

ENQUANTO A MULTIDÃO SÓ SEGUIA, AQUELE HOMEM LEPROSO E AQUELA MULHER O ADOROU, PEDINDO A CURA. E PELA FÉ EM JESUS FORAM ATENDIDO OS SEUS PEDIDOS.

ENQUANTO OS RELIGIOSOS BUSCAVAM NOS HOMENS, A MULHER CANANÉIA BUSCOU EM JESUS, EM SEU PODER.

(Jó 8:36) “Se, pois o filho vos libertar, verdadeiramente sereis livre.”

Vamos buscar em Deus a divina Unção, provisão e intervenção, o derramamento do Espírito em qualquer que seja a esfera do nosso chamado!

Devemos nos despir de toda sabedoria humana e de todo orgulho.

Vejamos nossas fraquezas, pecados e vaidades e apresentemos a Deus.

É hora de despertarmos para o avivamento que Deus já derramou, mas muitas vezes não estamos vivendo.

E por qual razão?

Quantas vezes Deus usa profetas e não escutamos?

Quantas vezes Deus levanta vasos e não damos crédito?

A UNÇÃO É ILIMITADA E INFINITA, PORQUE DEUS É INFINITO E ILIMITADO.

A prática do poder é a arte de se apropriar continuamente, por meio da fé, do Poder de Deus, colocado à disposição do crente que reconhece suas tremendas limitações e deseja permanecer fiel a Deus e servi-lo de maneira abundante na medida de seu chamamento e dons.

DEUS SEMPRE TERÁ UMA NOVA UNÇÃO AOS SEUS FILHOS (7:37-39)

37-O último dia da festa era o mais importante. Naquele dia Jesus se pôs de pé e disse bem alto:

— Se alguém tem sede, venha a mim e beba. 38-Como dizem as Escrituras Sagradas: “Rios de água viva vão jorrar do coração de quem crê em mim”.

39-Jesus estava falando a respeito do Espírito Santo, que aqueles que criam nele iriam receber.

O SENHOR QUER DERRAMAR DA SUA UNÇÃO EM SUA VIDA ESPIRITUAL (FERVOR, FOGO) (MT 3:11 – MC 16:17, 18).

(Mt 3:11) “11-Eu os batizo com água para mostrar que vocês se arrependeram dos seus pecados, mas aquele que virá depois de mim os batizará com o Espírito Santo e fogo.”

(Mc 16:17) “17-Aos que crerem será dado o poder de fazer estes milagres: expulsar demônios pelo poder do meu nome e falar novas línguas; 18-se pegarem em cobras ou beberem algum veneno, não sofrerão nenhum mal; e, quando puserem as mãos sobre os doentes, estes ficarão curados.”

(Atos 1:8) “Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda Samaria e Judéia e até os confins da Terra.”

(II Timóteo 2:20-21) “Ora, numa grande casa não somente há vasos de ouro e de prata, mas também de pau e de barro, uns para honra, outros, porém, para desonra. De sorte que se alguém se purificar destas coisas, será vaso para honra, santificado e idôneo para uso do Senhor e preparado para toda a boa obra”

(2 Coríntios 3:17-18) “Ora, o Senhor é Espírito; e onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade. Mas todos nós, com a face descoberta, refletindo, como um espelho, a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória, na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor.”

(João 4:23) “Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem.”

(Isaías 61:1-3)

1-O Senhor Deus me deu o seu Espírito, pois ele me escolheu para levar boas notícias aos pobres. Ele me enviou para animar os aflitos, para anunciar a libertação aos escravos e a liberdade para os que estão na prisão.

2-Ele me enviou para anunciar que chegou o tempo em que o Senhor salvará o seu povo,

que chegou o dia em que o nosso Deus se vingará dos seus inimigos. Ele me enviou para consolar os que choram, 3-para dar aos que choram em Sião uma coroa de alegria, em vez de tristeza, um perfume de felicidade, em vez de lágrimas, e roupas de festa, em vez de luto.

Eles farão o que é direito; serão como árvores que o Senhor plantou para mostrar a todos a sua glória.

SOMOS VASOS DE HONRA NAS MÃOS DO SENHOR.

BASTA VOCÊ CRER! ALELUIA, GLÓRIA A DEUS!

Pr. Marcos Lino

Por Pr. Marcos Lino

Pastor responsável pela ministração do Louvor e integrante da liderança do ministério de Louvor e Adoração.