Skip to content

“Deixa o impossível para Deus” – Pastora Maria

out 10 2021

Vitrine-Site2

Culto ministrado pela pastora Maria Granado, em 10 de outubro de 2021.

Deixa o impossível para Deus

Texto base: 1 Reis 17: 1,16

“Ora, Elias, o tesbita da Tisbe de Gileade, disse a Acabe: “Juro pelo nome do Senhor, o Deus de Israel, a quem sirvo, que não cairá orvalho nem chuva nos anos seguintes, exceto mediante a minha palavra”. Depois disso a palavra do Senhor veio a Elias: “Saia daqui, vá para o leste e esconda-se perto do riacho de Querite, a leste do Jordão. Você beberá do riacho, e dei ordens aos corvos para o alimentarem lá”. E ele fez o que o Senhor lhe tinha dito. Foi para o riacho de Querite, a leste do Jordão, e ficou por lá. Os corvos lhe traziam pão e carne de manhã e de tarde, e ele bebia água do riacho. Algum tempo depois, o riacho secou-se por falta de chuva.

Então a palavra do Senhor veio a Elias: “Vá imediatamente para a cidade de Sarepta de Sidom e fique por lá. Ordenei a uma viúva daquele lugar que lhe forneça comida”. E ele foi. Quando chegou à porta da cidade, encontrou uma viúva que estava colhendo gravetos. Ele a chamou e perguntou: “Pode me trazer um pouco d’água numa jarra para eu beber? “Enquanto ela ia indo buscar água, ele gritou: “Por favor, traga também um pedaço de pão”. “Juro pelo nome do Senhor, o teu Deus”, ela respondeu, “não tenho nenhum pedaço de pão; só um punhado de farinha num jarro e um pouco de azeite numa botija. Estou colhendo uns dois gravetos para levar para casa e preparar uma refeição para mim e para o meu filho, para que a comamos e depois morramos. “Elias, porém, lhe disse: “Não tenha medo. Vá para casa e faça o que disse.

Mas primeiro faça um pequeno bolo com o que você tem e traga para mim, e depois faça algo para você e para o seu filho. Pois assim diz o Senhor, o Deus de Israel: ‘A farinha na vasilha não se acabará e o azeite na botija não se secará até o dia em que o Senhor fizer chover sobre a terra’ “. Ela foi e fez conforme Elias lhe dissera. E aconteceu que a comida durou todos os dias para Elias e para a mulher e sua família. Pois a farinha na vasilha não se acabou e o azeite na botija não se secou, conforme a palavra do Senhor proferida por Elias.”

 

INTRODUÇÃO:

A visão de certas regiões do nordeste brasileiro no tempo das secas lembra bem a situações que o profeta Elias enfrentou na terra de Israel; vegetação totalmente ressequida, sem água, a fome matando. A terra se transformou num deserto. Por quê? Por causa do pecado do povo. Nesse tempo Acabe era rei em Israel e só fez o que Deus reprovava mais do que outros antes dele, casou-se com Jezabel e passou a prestar culto a Baal e a adorá-lo. Elias foi enviado por Deus para alertar Acabe sobre essa grande tragédia, mas Acabe não deu ouvido. Elias foi fez morada no deserto e Deus cuidou dele, (V.4) “Você beberá do riacho, e dei ordens aos corvos para o alimentarem lá”.

“Mas algum tempo depois o riacho secou-se por falta de chuva”. (V. 7)

É durante esse tempo de seca, perseguição, desespero, falta de azeite e farinha, que Deus envia Elias para ser sustentado por uma viúva.

Fico pensando dentre tantas viúvas nesse tempo qual o motivo de Deus a escolher?

Foi pelo fato de ter guardado um pouco de azeite e um punhado de farinha, ou pelo fato de ter reconhecido em Elias o verdadeiro Senhor da chuva.

Veja a reação dela: “Juro pelo nome do Senhor, o teu Deus”, ela respondeu, “não tenho nenhum pedaço de pão; só um punhado de farinha num jarro e um pouco de azeite numa botija. Estou colhendo uns dois gravetos para levar para casa e preparar uma refeição para mim e para o meu filho, para que a comamos e depois morramos.” (V. 12)

A Palavra mostra que ela conhecia ao Deus todo poderoso, ela não estava se referindo a baal, pois ela acreditava no todo poderoso Deus dos céus e da terra.

Ela foi sincera em sua declaração e não omitiu o fato de estar vivendo na pobreza, na miséria e muito perto de morrer. Ela declarou que seu azeite estava acabando e sua farinha faltando. Ela foi sincera com Elias.

“Elias, porém, lhe disse: “Não tenha medo! Vá para casa e faça o que disse. Mas primeiro faça um pequeno bolo com o que você tem e traga para mim, e depois faça algo para você e para o seu filho. Pois assim diz o Senhor, o Deus de Israel: A farinha na vasilha não se acabará e o azeite na botija não se secará até o dia em que o Senhor fizer chover sobre a terra”. (V13,14) Trazendo para os dias de hoje

E a profecia diz que não faltaria farinha e nem o azeite. A farinha remete ao pão que simboliza a palavra de Deus, Jesus é a Palavra, (João 1:1) “No começo aquele que é a Palavra já existia. Ele estava com Deus e era Deus.” e o azeite é símbolo do Espírito Santo que não pode faltar na vida do crente, “ungindo-te com óleo de alegria.” (Sl 45:7) “Deixem-se encher pelo Espírito Santo”. (Ef 5:18)

Azeite, Espírito Santo e farinha, Palavra de Deus tem faltado muito nos dias de hoje na vida dos cristãos, e na igreja de Cristo.

Quantos crentes não admitem que o azeite (Espírito Santo) e a farinha (Palavra de Deus) em suas vidas estão acabando? Quantos preferem fingir que tem azeite e farinha, ao invés de declarar ao Senhor que estão com falta, que estão se esvaziando. “Não apaguem o Espírito.

Não tratem com desprezo as profecias,” (1 Tessalonicenses 5:20) “Sejam praticantes da palavra, e não apenas ouvintes, enganando-se a si mesmos.” (Tiago 1:22)

Essa mulher acreditou na palavra do profeta, por reconhecer que era homem de Deus e pela fé sobreviveu a seca. Você tem dado ouvido a voz do Senhor Jesus Cristo. A viúva teria que esquecer de si mesma, esquecer de seu filho e se colocar em segundo plano, deixando o primeiro lugar para Elias.

Você faria isso? Daria preferência ao servo do Senhor e obedecendo a palavra de Deus. Você faria isso? Deixaria de se alimentar, e daria uma parte para Deus?

A viúva foi orientada a dividir o bolo para 3 pessoas, sendo que já era pequeno para duas pessoas. Olha o que aconteceu: “Ela foi e fez conforme Elias lhe dissera. E aconteceu que a comida durou todos os dias para Elias e para a mulher e sua família.

Pois a farinha na vasilha não se acabou e o azeite na botija não se secou, conforme a palavra do Senhor proferida por Elias. (V.15,16) Vou te revelar um segredo:

Vejam, no outro dia, tinha mais farinha na panela e mais azeite na botija. A multiplicação foi diária, Deus os alimentou todo dia com a porção certa de azeite e de farinha, até o dia que a chuva voltou.

Queridos, o que aquele homem de Deus pediu para ela fazer era algo que, humanamente falando, era loucura! Ela correu o risco de morrer mais rápido junto com seu filho, mas acreditou e fez o que era possível deixando o impossível para Deus.

“Jesus olhou para eles e respondeu: “Para o homem é impossível, mas para Deus todas as coisas são possíveis”.”. (Mateus 19:26)

 

COMUNIDADE CAMINHO DA PAZ

Pra. Maria Granado

Clique no Play para assistir o vídeo.

 

https://youtu.be/QfTLgtcevaQ

Pra. Maria Granado

Por Pra. Maria Granado

Pastora Líder e fundadora, com o amor de mãe, tem dedicado todos os seus dias na presença do Senhor, no cuidado para com os irmãos e na pregação da Palavra da Salvação.