Skip to content

“Deus procura adorador ou adoração?” – Pastor Marcos Lino

nov 22 2020

vitrine-site-1806x635_2211

Culto ministrado pela pastor Marcos Lino, em 22 de novembro de 2020.

Deus procura adorador ou adoração?

Texto base: João 4:23

“Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem.”

O que é necessário para adorar a Deus, em espírito e em verdade?

É necessário ser gerado de Deus, pois, somente os nascidos do Espírito, são espirituais e verdadeiros.

(João 3.5-6) 5 Digo-lhe a verdade: Ninguém pode entrar no Reino de Deus, se não nascer da água e do Espírito. 6 O que nasce da carne é carne, mas o que nasce do Espírito é espírito.

(Gálatas 2:20) Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.

Para adorar a Deus é necessário ao homem ser espiritual e para ser espiritual é necessário ser nascido de Deus, condição decorrente do novo nascido ser participante da natureza divina

(João 1.12) Contudo, aos que o receberam, aos que creram em seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus, os quais não nasceram por descendência natural, nem pela vontade da carne nem pela vontade de algum homem, mas nasceram de Deus.

Todos os que creem no Unigênito Filho de Deus, que foi enviado ao mundo, nascem de novo

(João 3.5) 5 Jesus disse:

— Eu afirmo ao senhor que isto é verdade: ninguém pode entrar no Reino de Deus se não nascer da água e do Espírito. 6 Quem nasce de pais humanos é um ser de natureza humana; quem nasce do Espírito é um ser de natureza espiritual.

Somente os filhos de Deus, aqueles que são gerados por Cristo, podem adorar a Deus em espírito e em verdade, pois, somente os filhos de Deus são espirituais e estão n’Aquele que é verdadeiro Diante desta verdade, o apóstolo Paulo escreveu aos cristãos, em Éfeso, demonstrando que eles foram criados, segundo Deus, em verdadeira justiça e santidade.

(Efésios 4.24) E vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade.

Todos os que são criados, segundo Deus, são novas criaturas, e estão assentados nas regiões celestiais em Cristo

(2 Coríntios 5.17). “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo”

 

Os cristãos são:

Filhos de Deus (Gálatas 3.26-27)

26 Pois, por meio da fé em Cristo Jesus, todos vocês são filhos de Deus. 27 Porque vocês foram batizados para ficarem unidos com Cristo e assim se revestiram com as qualidades do próprio Cristo.

Pedras vivas e Sacerdócio real (1 Pedro 2.5)

5 Vocês, também, como pedras vivas, deixem que Deus os use na construção de um templo espiritual onde vocês servirão como sacerdotes dedicados a Deus.

Sacrifício vivo (Romanos 12.1-2)

1 Portanto, meus irmãos, por causa da grande misericórdia divina, peço que vocês se ofereçam completamente a Deus como um sacrifício vivo, dedicado ao seu serviço e agradável a ele. Esta é a verdadeira adoração que vocês devem oferecer a Deus. 2 Não vivam como vivem as pessoas deste mundo, mas deixem que Deus os transforme por meio de uma completa mudança da mente de vocês. Assim vocês conhecerão a vontade de Deus, isto é, aquilo que é bom, perfeito e agradável a ele.

Templos de Deus (1 Coríntios 3.16 -17)

16 Certamente vocês sabem que são o templo de Deus e que o Espírito de Deus vive em vocês. 17 Assim, se alguém destruir o templo de Deus, Deus destruirá essa pessoa. Pois o templo de Deus é santo, e vocês são o seu templo.

 

A adoração não depende e nem está vinculado a templo, lugar, nacionalidade, sacrifícios, religiosidade, forma, ou rito, etc., pois, Jesus mesmo disse que nem em Samaria, nem em Jerusalém se adoraria o Pai, antes, em espírito e em verdade.

 

Clique no play para assistir o vídeo.

Pr. Marcos Lino

Por Pr. Marcos Lino

Pastor responsável pela ministração do Louvor e integrante da liderança do ministério de Louvor e Adoração.