Skip to content

“Emaús não é meu lugar” – Pastor Marcos Lino

abr 14 2019

140419

Culto ministrado pelo pastor Marcos Lino, em 14 de abril de 2019.

Emaús não é o meu lugar

Texto Base: Lucas 24:13-53

“Naquele mesmo dia, dois dos seguidores de Jesus estavam indo para um povoado chamado Emaús, que fica a mais ou menos dez quilômetros de Jerusalém. Eles estavam conversando a respeito de tudo o que havia acontecido. Enquanto conversavam e discutiam, o próprio Jesus chegou perto e começou a caminhar com eles, mas alguma coisa não deixou que eles o reconhecessem.”

Sabe aqueles momentos na vida em que a desilusão é muito grande, há um abatimento, uma tristeza, e você anda sem rumo e sem direção. Muito bem, esta mensagem é para você.

Porque era exatamente desta maneira que estes dois discípulos estavam se sentindo. Eles andavam com Jesus, ouviram suas pregações, viram seus milagres e criam de todo o coração em Jesus Cristo. Mas, mataram Ele, e agora?

Na cabeça dos dois, a esperança morreu, aquilo que eles imaginavam não aconteceu e só restou a tristeza. Três dias depois da morte de Jesus eles estavam em Jerusalém, foram dias difíceis, choraram muito, não podiam acreditar no que estavam acontecendo, e a solução que eles encontraram, talvez para tentar amenizar a dor foi voltar para Emaús.

Parece conosco não é? 

Depois de uma grande tristeza, onde as lutas tiram as nossas forças e a vontade que temos é de voltar para trás, desistir de tudo, entregar os pontos, e voltar para aquela estrada triste e solitária da vida e sumir no horizonte. Mas tenho uma mensagem de Deus para tua vida, Jesus Cristo não esqueceu de você, e não te abandona nem por um minuto sequer.

Emaús para nós hoje significa dar um passo para trás, um retrocesso, um recuo, significa esquecer das promessas e de tudo aquilo que Deus tem falado para nós.

E esta mensagem é uma oportunidade de Deus para tua vida para te colocar de pé novamente.

Três dias haviam se passado, e este dia que eles resolveram voltar para Emaús era Domingo. Mas neste dia de manhã bem cedo, através de algumas mulheres que tinham ido até o sepulcro aonde estava o corpo de Jesus (Lucas 24:1-12), começou uma surgir uma mensagem: Jesus ressuscitou!!!

Que mensagem tremenda, você não acha?

Porém aqueles discípulos não acreditaram, e ao invés deles irem até o sepulcro onde estava corpo de Jesus e verificar se a mensagem era verdadeira, ficaram trancados, isolados, com medo…

Afinal de contas o Próprio Jesus havia dito: “Desde então começou Jesus a mostrar aos seus discípulos que convinha ir a Jerusalém, e padecer muitas coisas dos anciãos, e dos principais dos sacerdotes, e dos escribas, e ser morto, e ressuscitar ao terceiro dia”. (Mateus 16:21)

Mas eles preferiram voltar para Emaús, porque?

O sonho morreu!!! E eles preferiram ir pela estrada do desapontamento. E assim seguiram por aquele caminho, tristes e desiludidos, sabemos que o nome de um deles era Cleopas (Lucas 24:18), sabemos que esposa deste estava com Jesus no momento da crucificação (João 19:25), então era alguém muito próximo de Jesus, mas eles não acreditaram naquela mensagem.

Mas aquela mensagem era verdadeira, Jesus ressuscitou, sabe queridos leitores quanto mais eu leio a Palavra de Deus, mais eu fico admirado com o amor Dele por nós. Pense comigo, Jesus acabou de vencer a morte, derrotou o diabo, pagou o preço pelos nossos pecados, estava com um corpo ressuscitado cheio de Glória, Ele poderia fazer tantas coisas, e sabe o que Ele escolheu fazer logo depois da Ressurreição?

Ir de encontro aos dois discípulos desanimados que estavam indo para Emaús.

É um amor que vai além da compreensão humana, e enquanto eles caminhavam Jesus se aproxima e pergunta para eles o motivo da tristeza ( Lucas 24:17 ), e o mais interessante em tudo isto, eles não reconheceram Jesus, porque?

A Bíblia fala que os olhos deles “estavam como que fechados” (Lucas 24:16), e não fala o motivo, mas acredito que foi permissão de Deus, para que houvesse um tratamento, um carinho especial da parte de Deus para aqueles dois discípulos. Havia algo no coração deles que somente Deus poderia tratar.

Eles tinham uma visão limitada da Palavra de Deus, e queriam que o Senhor agisse da maneira deles, queriam um reino terreno, aqui e agora.

Mas o Plano de Deus era maior.

O Plano de Deus é o melhor para a sua vida. Por mais que você não entenda hoje, amanhã você verá e vai Glorificar o nome do Senhor Jesus.

Um erro que muitas vezes cometemos é separar alguns textos da Palavra que gostamos, e muitas vezes inconsciente ou consciente dizemos: Este texto é para mim!!! Pois falam de bençãos, curas, bens materiais. Outros textos que não gostamos muito, que falam de repreensão, pecado, conversão, mudar de vida, seguir pelo caminho estreito, dizemos! Isto não é para mim.

Por isto Jesus fala para aqueles discípulos:

E ele lhes disse: “Ó néscios, e tardos de coração para crer tudo o que os profetas disseram!” (Lucas 24:25)

Temos que crer em toda a Palavra de Deus.

E Jesus durante todo o caminho ministrou a Palavra de Deus para eles, e o coração começou a queimar  e mesmo sem reconhecer Jesus eles recebem a Palavra, e aqueles doze quilômetros, passaram rápido, foi uma viagem prazerosa mas chegou ao fim.

Eles chegam em sua casa, e Jesus passa para mais adiante, e é feito um convite:

E eles o constrangeram, dizendo: Fica conosco, porque já é tarde, e já declinou o dia. E entrou para ficar com eles.” (Lucas 24:29)

Jesus entrou naquela casa, foi posta a mesa, mas me parece que a tristeza era muito grande e eles não comeram, Jesus ainda sem ser reconhecido, toma a iniciativa (Lucas 24:30-31), tomou o pão e o abençoou, neste momento algo lindo acontece.

Eles reconhecem Jesus!!! Aleluia…

Não sei se eles viram os sinais da crucificação em suas mãos, ou a Oração de Jesus os lembrou daqueles dias tremendos em que eles viveram com Ele, mas os olhos foram abertos, e Jesus desapareceu…

A alegria foi tão grande que imediatamente eles voltaram para Jerusalém, e lembre-se eram mais doze quilômetros de volta, pareciam maratonista profissional, chegaram rapidinho.

Foram até os outros discípulos, e começaram a relatar o que ocorreu no caminho para a aldeia deles, a alegria encheu toda a casa, e foram dito a eles que Jesus também tinha aparecido a Pedro (Lucas 24:34), todos estavam admirados, falando muitas coisas, e eu imagino a alegria estampada nos rostos, alguns acreditavam, outros estavam céticos, afinal de contas a maioria que estava ali no local ainda não tinha visto Jesus.

Mas no meio de toda aquela euforia, quem aparece no meio deles?

O próprio Jesus:

…falando eles destas coisas, o mesmo Jesus se apresentou no meio deles, e disse-lhes: Paz seja convosco.

E eles, espantados e atemorizados, pensavam que viam algum espírito.

E ele lhes disse: Por que estais perturbados, e por que sobem tais pensamentos aos vossos corações?

Vede as minhas mãos e os meus pés, que sou eu mesmo; apalpai-me e vede, pois um espírito não tem carne nem ossos, como vedes que eu tenho.

E, dizendo isto, mostrou-lhes as mãos e os pés.

E, não o crendo eles ainda por causa da alegria, e estando maravilhados, disse-lhes: Tendes aqui alguma coisa que comer?

Então eles apresentaram-lhe parte de um peixe assado, e um favo de mel;

O que ele tomou, e comeu diante deles.

E disse-lhes: São estas as palavras que vos disse estando ainda convosco: Que convinha que se cumprisse tudo o que de mim estava escrito na lei de Moisés, e nos profetas e nos Salmos.

Então abriu-lhes o entendimento para compreenderem as Escrituras.

E disse-lhes: Assim está escrito, e assim convinha que o Cristo padecesse, e ao terceiro dia ressuscitasse dentre os mortos,

E em seu nome se pregasse o arrependimento e a remissão dos pecados, em todas as nações, começando por Jerusalém.

E destas coisas sois vós testemunhas.” (Lucas 24:36-48)

Imagine comigo a alegria dos discípulos, Deus transformou o choro em alegria, Jesus não os abandonou, tudo aquilo era plano de Deus, a morte, a ressurreição, tudo foi feito por amor, para salvação.

Deus nos ama, da mesma forma é com você querido leitor, não importa as lutas que você tem enfrentado, Jesus não desistiu de você.

As vezes nos identificamos com estes discípulos, mas não deixe que sua dor impeça de enxergar a verdade, não tenha a compreensão apenas humana dos fatos, veja com os olhos da fé.

Deixe Deus agir da maneira Dele, Ele sabe o que é melhor para você, deixe o Espírito Santo direcionar os seus passos. Se na compreensão humana Deus parece distante, pelos olhos da fé creia Ele esta bem pertinho de você, e não te abandona.

Enxergue além da sua visão natural…

Além das suas expectativas…

Além das suas forças…

Além das suas limitações…

Além do aqui e agora…

Além das lutas…

Além do que o homem tenha dito…

Enxergue com os olhos da fé, creia você pode, você consegue!!!

Nunca, jamais esqueça…

Jesus Cristo te ama

Pr. Marcos Lino

Por Pr. Marcos Lino

Pastor responsável pela ministração do Louvor e integrante da liderança do ministério de Louvor e Adoração.