Skip to content

“Entrega incondicional” – Pastora Maria

fev 04 2018

maria_04fev18

Culto ministrado pela pastora Maria Granado, em 04 de fevereiro de 2018.

Entrega incondicional

Texto Base: (Daniel 2:46,49)

Introdução: Daniel, Hananias, Azarias e Missael quatro jovens judeus que faziam parte do povo que tinham sido presos e levados exilados para Babilônia pelo rei Nabucodonosor. (Dan 1:3,4 / 17,20)

Devido à sua posição que conquistaram, eles provavelmente desfrutavam de muitas coisas que não só os judeus, mas também a maioria dos nativos não desfrutavam. Com isso eles acabaram tendo muitos inimigos, invejosos.

MAS UM DIA TUDO MUDOU NA VIDA DESTES JOVENS

Aconteceu que:
O rei Nabucodonosor fez uma imagem de ouro pedindo a todos para adorá-la. Todos no reino tinham que adorar esta imagem e se alguém desobedecesse, seria lançado na fornalha de fogo. Assim naquele momento, Hananias, Azarias e Missael enfrentaram este desafio!

Será que eles seguiriam a ordem do rei, defendendo suas vidas, suas famílias, suas posições e, em seguida, provavelmente, pediriam “desculpas” a Deus, ou eles obedeceriam à Sua Palavra, nunca curvando-se a esse ídolo? (Êxodo 20:1,5)

Eles obedeceram a Palavra de Deus e não se prostraram diante da imagem, como tinha sido ordenado pelo rei. Bastou para que os invejosos corressem a denunciá-los. (Dan 3: 8-12)

Assim, eles foram trazidos perante o rei, e embora este estivesse muito zangado com eles, decidiu dar-lhes mais uma oportunidade, e disse-lhes: (Dan 3: 13-15)

Então, Hananias, Azarias e Missael responderam: (Dan 3: 16,18).

Quando ouviu essas palavras o rei ficou ainda mais furioso e mandou esquentar a fornalha sete vezes mais do que era de costume e ordenou que amarrassem os três jovens e os lançassem na fornalha, a fornalha estava tão quente que os guardas que os lançaram morreram. (Daniel 3:19-23)

Resultado da confiança e obediência dos três jovens; (V. 24-27)

A atitude que tiveram de confiança e obediência provocou uma reação; e o rei Nabudonosor então disse: (V. 28b-30).

O acontecido com Daniel não foi diferente, Nabudonosor já havia morrido, seu filho Belsazar que reinou depois dele também havia morrido, e o poder estava agora nas mãos de Dario. Daniel um homem justo e fiel a Deus, respeitado, competente sempre se destacando em conhecimento foi escolhido pelo rei Dario para ser líder sobre todos os governadores.

Daniel também passou por uma grande provação. Por causa da inveja de seus companheiros de trabalho que se uniram para derrubar Daniel e envergonha-lo diante de Dario que tinha amizade para com Daniel.

Não encontrando nada que pudessem acusar a Daniel procuram um pretexto religioso pois sabiam que ele era fiel a seu Deus. Criaram uma lei onde nenhuma pessoa poderia fazer pedidos a nenhum deus durante trinta dias, mas somente ao rei Dario. Caso não obedecesse essa pessoa seria lançada na cova do leão. Eles mexeram com o “ego” do rei e levaram o rei a decretar uma lei que seria irrevogável: (V. 7-9)

Daniel mesmo estando ciente do decreto continuou orando ao seu Deus três vezes ao dia (V. 10)

Não demorou, lá estavam os invejosos fazendo a cabeça do rei contra Daniel. (V. 11-13)

O rei tinha estima por Daniel e não gostou do que estava acontecendo, mas, não pôde fazer nada pois a lei depois de decretada não podia ser anulada, e o rei teve que cumprir a lei, dando ordens para jogarem Daniel na cova dos leões. (V. 14-16).

Resultado de obediência e da confiança em Deus. (V. 19-22)

Como com seus três amigos a atitude de Daniel de confiança e obediência provocou uma reação e disse o rei Dario: (V. 23-28)

CONCLUSÃO:

Por terem ficado fieis a Deus Hananias, Azarias e Missael foram lançados na fornalha de fogo e Daniel na cova dos leões. Mas a promessa se cumpriu (Isaías 43:2)

Queridos o próprio filho de Deus, CRISTO JESUS, veio para estar com Seus filhos no tempo de maior prova (com os três V. 24-25 = com Daniel 22ª)

Em breve os acontecimentos de Daniel 3,6 se repetirão, de acordo com a profecia de (Apocalipse 13:5-10) (SOMENTE AQUELES QUE TIVEREM UMA EXPERIÊNCIA COM DEUS PASSARÃO ILESOS POR TAIS PROVAS) – (V. 8)
“e adorá-la-ão todos os que habitam sobre a terra, aqueles cujos nomes não foram escritos no Livro da Vida do Cordeiro que é “Cristo Jesus” que foi morto”

COMUNIDADE CAMINHO DA PAZ
Pra. Maria Granado
Pra. Maria Granado

Por Pra. Maria Granado

Pastora Líder e fundadora, com o amor de mãe, tem dedicado todos os seus dias na presença do Senhor, no cuidado para com os irmãos e na pregação da Palavra da Salvação.